98 Curiosidades arqueológicas do novo testamento

 98 curiosidades arqueologicas NT

1. Não existia relação sexual durante o período de noivado judaico, contudo era um relacionamento muito mais estável que um compromisso moderno: só podia ser rompido por meio do divórcio (Mt 1.18).


2. Quem morava no deserto não hesitava em comer insetos, e o gafanhoto estava entre os alimentos cerimonialmente limpos, que os judeus eram livres para comer (Mt 3.4).


3. O sal utilizado em Israel vinha quase todo do mar Morto e era cheio de impurezas, o que implicava perda do sabor (Mt 5.13).


4. Nos tempos antigos, o povo costumava esconder coisas de valor no campo (e.g., para evitar o saque quando um exército se aproximava), uma vez que não existiam bancos (Mt 13.44).


5. Pisar numa sepultura significava tornar-se impuro cerimonialmente, por isso os túmulos eram caiados, a fim de serem vistos com facilidade, principalmente à noite (Mt 23.27)


6. Podia-se estabelecer uma sinagoga em qualquer cidade na qual houvesse pelo menos dez homens judeus casados (Mc 1.21).


7. Além de rotulados como traidores, os cobradores de impostos eram notáveis pela sua desonestidade. Eram proibidos de servir como testemunhas ou juizes e também eram expulsos da sinagoga (Mc 2.14).


8. Jesus falava aramaico, mas sem dúvida também entendia grego e lia as Escrituras no hebraico clássico (Mc 5.41).


9. Os rabinos computaram 613 regras individuais na Lei e tentavam distinguir os mandamentos “pesados” dos mandamentos "leves” (Mc 12.28).


10. Durante a Páscoa e a longa semana da festa dos pães sem fermento, a população de Jerusalém aumentava de 5O mil, aproximadamente, para centenas de milhares (Mc 14.2).


11. A morte na cruz acontecia por insuficiência cardíaca (Mc 15.24)


12. Cada sacerdote era responsável pelo serviço de uma semana no templo, uma vez a cada seis meses (Lc 1.23).


13. Trinta anos era a idade com que um levita assumia seu serviço (Nm 4.47) e em que um homem era considerado maduro (Lc 3.23).


14. Nos tempos antigos, era comum presumir que a calamidade só sobreviria aos maiores pecadores (Lc 13.2).


15. As sinagogas não eram usadas apenas para adoração e ensino, mas também para administração da comunidade e confinamento de pessoas acusadas que aguardavam julgamento (Lc 21.12).


16. Os mestres religiosos judaicos raramente falavam com mulheres em público (Jo 4.27).


17. Muitos judeus acreditavam que a alma permanecia próxima do corpo durante três dias após a morte, na esperança de retomar para ele (Jo 11.17).


18. O costume judaico determinava três dias de luto muito pesado, depois quatro dias de luto pesado, seguidos por luto leve para o restante dos trinta dias (Jo 11.19).


19. Pessoas “tementes a Deus” eram atraídas ao judaísmo por seu monoteísmo e moralidade, mas repelidos por seu nacionalismo e exigências como a circuncisão. Elas adoravam nas sinagogas, mas não se tornavam prosélitos convertidos. (Jo 12.2O)


20. O Caminho, como nome primitivo para o cristianismo, ocorre diversas vezes em Atos (e.g., At 9.2).


21. Se um prisioneiro escapasse, o carcereiro pagava com a própria vida (At 16.27).


22. A blasfêmia era a acusação mais grave para um judeu, mas a traição — apoiar um rei rival acima de César — era a pior acusação possível contra um romano (At 17.7).


23. Inscrições em grego e latim em placas de pedra (duas das quais foram descobertas pelos arqueólogos) eram colocadas na divisória que separava os pátios internos dos externos, alertando os gentios de que eram passíveis da pena de morte caso fossem adiante (At 21.28).


24. Os romanos consideravam a navegação perigosa depois de 15 de setembro e suicida depois de 11 de novembro (At 27.9).


25. Os judeus da época, por terem a Lei mosaica, consideravam-se superiores aos gentios (Rm 2,1).


26. Costumava-se guardar nos templos pagãos grandes quantidades de riquezas (Rm 2.22)


27. Nos tempos do NT, o batismo acontecia logo depois da conversão. Isso fazia que ambos fossem considerados aspectos de um único ato (Rm 6.3,4).


28. A adoção era comum entre os gregos e romanos, e eram garantidos ao filho adotado todos os privilégios de um filho legítimo, inclusiv direitos de herança (Rm 8.15)


29. O termo “casa” geralmente incluía os membros da família, os servos e todos os demais que moravam na mesma casa (1 Cor 1.16).


30. O imperador Nero costumava vestir os cristãos com peles de animais quando os expunha aos animais selvagens (1 Cor 4.9).


31. O orador romano Cícero afirmava que o incesto era praticamente desconhecido na sociedade romana (1 Cor 5.1).


32. Na cultura da época de Paulo, os homens cobriam a cabeça no culto para demonstrar seu respeito e submissão à divindade (1 Cor 11.4).


33. A confissão fundamental cristã "Jesus é Senhor” era um problema no Império Romano, porque a afirmação da soberania de Jesus opunha-se diretamente à alegação de governo absoluto por parte do imperador romano (1 Cor 12.3).


34. A tinta usada nos documentos de pergaminho ou papiro tendia a desaparecer e era facilmente apagada ou encoberta (2 Cor 3.3).


35. Costumava-se guardar tesouros em vasos de barro, que tinham pouco valor ou pouca beleza em si mesmos e por isso não atraíam a atenção (2 Cor 4.7).


36. No mundo secular antigo, a palavra “reconciliação” era um termo diplomático que denotava a harmonia estabelecida entre inimigos por meio de tratados de paz (2 Cor 5.18)


37. "Viver como gentio” significava negligenciar os costumes judaicos, especialmente as restrições alimentares (Gl 2.14).


38. A frase “foi o nosso tutor” refere-se ao escravo-atendente que acompanhava o menino livre aonde quer que este fosse e que exercia certa disciplina sobre ele. Sua função era mais a de pajem que a de professor (Gl 3.24).


39. Nos tempos antigos, a palavra grega para “marca” era usada para a marcação com ferro quente que identificava escravos e animais (Gl 6.17).


40. Os efésios conheciam bem a prática greco-romana da redenção: os escravos eram libertos pelo pagamento de um resgate (Ef 1.7).


41. A direita era o lugar simbólico de mais alta honra e autoridade (Ef 1.2O)


42. A antiga cultura grega geralmente via a humildade, a submissão, a bondade e o auto sacrifício de forma negativa, como fraquezas (Ef 4.2).


43. No mundo greco-romano, a escravidão era considerada uma necessidade econômica e útil, uma parte importante da vida (Ef 6.5-9).


44. O grande escudo romano era revestido de couro e podia ser encharcado de água e usado para apagar as flechas incendiárias (Ef 6.16).


45. Filipos era uma cidade rica por causa das minas de ouro e prata que existiam nas imediações (Fl 1.1).


46. “Toda a guarda do palácio” era um contingente de soldados em número de milhares, e muitos deles podem ter tido contato pessoal com Paulo ou podem ter sido nomeados individualmente para vigiá-lo durante o período de sua prisão (Fl 1.13).


47. O vencedor das corridas gregas recebia uma coroa de folhas e, às vezes, um prêmio em dinheiro (Fl 3.14).


48. “Os que estão no palácio de César" não eram parentes do imperador, mas pessoas (escravos ou libertos) com funções no recinto do palácio (Fl 4.22).


49. “Escrita de dívida” era um termo comercial referente a um certificado de dívida assinado pelo devedor (Cl 2.14).


50. Desarmar o inimigo é um retrato dos soldados vencidos, privados de roupas e armas, como símbolo da derrota total (Cl 2.15).


51. O erro básico da heresia colossense era uma visão distorcida de Cristo: acreditava-se que ele era menor que uma divindade (Cl 2.19).


52. O “bárbaro” era alguém que não falava grego e, por isso, não era tido como civilizado (Cl 3.11).


53. Os gregos desprezavam o trabalho braçal: viam-no como próprio de escravos (1 Ts 2.9).


54. Uma ampla lista de valores e práticas sexuais existia no tempo de Paulo, tanto na sociedade grega quanto na romana. Os padrões morais geralmente eram baixos, e a castidade era uma restrição sem sentido (1 Ts 4.3).


55. Inscrições nas tumbas e referências na literatura demonstram que os pagãos do primeiro século viam a morte com horror (1 Ts 4.13).


56. “Anjos poderosos” pode ser uma classe de anjos (esse grupo é mencionado nos escritos apocalípticos) dotados de poder especial para fazer a vontade de Deus (2 Ts 1.7).


57. Até o NT ser escrito, o ensinamento cristão essencial era transmitido por meio de “tradições” (2 Ts 2.15).


58. Normalmente, Paulo ditava suas cartas, mas no final de algumas delas adicionava uma breve palavra de próprio punho (2 Ts 3.17).


59. Na cultura grega, a palavra “supervisor” designava um oficial de destaque numa organização civil ou religiosa (1 Tm 3.1 -7).


60. Na Roma antiga, a expectativa de vida era muito menor que a de hoje. Podemos dizer que havia mais mulheres solteiras que homens disponíveis na congregação efésia e que algumas delas estavam financeiramente desamparadas (1 Tm 5.3-5).


61. Paulo instrui Timóteo sobre o cuidado da igreja para com as viúvas. As únicas viúvas incluídas eram aquelas que tinham pelo menos 6O anos, haviam sido casadas uma única vez e tinham reputação de boas-obras (1 Tm 5.4)


62. Antes da vinda de Jesus ao mundo, a vida após a morte era um tema obscuro (2 Tm 1.1O).


63. De acordo com a tradição judaica, Janes e Jambres eram os magos da corte egípcia que se opuseram a Moisés (2 Tm 3.8).


64. O menino judeu começava a estudar formalmente o AT quando completava 5 anos (2 Tm 3.15).


65. Como cidadão romano, Paulo não podia ser atirado aos leões no anfiteatro (2 Tm 4.17)


66. Creta, a quarta maior ilha do mar Mediterrâneo, era uma província romana habitada principalmente por fazendeiros e cultivadores de frutas (Tt 1.5).


67. Os escravos romanos não tinham direitos legais: seu destino estava nas mãos de seus senhores (Tt 2.9-1O).


68. No sentido judaico, o termo “jurista” designava o especialista na Lei mosaica, enquanto no contexto gentio fazia referência ao jurista romano (Tt 3.13)


69. Cerca um terço da população romana do primeiro século era constituída por escravos (Fm v. 12).


70. O escravo não tinha amparo legal, e um fugitivo poderia ser punido com extrema severidade: marcado no rosto, acorrentado, forçado a usar um colar de ferro ou condenado à invalidez depois de ter as pernas quebradas. O escravo podia ainda ser vendido para trabalhar nas minas ou ser sentenciado à morte (Fm v. 14).


71. O historiador aristocrático Salústio descreve a Roma da época de Paulo como “o esgoto do mundo” (Fm v. 24).


72. Segundo a Lei mosaica, a função sacerdotal era restrita à família de Arão, da tribo de Levi, porém Jesus era proveniente de uma tribo não sacerdotal: Judá (Hb 7.16).


73. Nos tesouros inestimáveis da tumba do rei egípcio Tutancâmon havia toneladas de ouro puro (Hb 11.26)


74. A palavra grega traduzida por “coroa” era o termo comum para designar a grinalda colocada na cabeça do atleta ou do líder militar vitorioso (Tg 1.12).


75. “Há um só Deus” é uma declaração monoteísta que reflete o conhecido credo judaico chamado Shema (Tg 2.19).


76. Como saudação ou bênção comum, a palavra shalom expressava o desejo de prosperidade, saúde física, salvação e relacionamentos harmoniosos (Tg 3.18).


77. No mundo antigo, propriedades rurais e suas produções eram fonte de riqueza. O proprietário de terras, na cultura de Tiago era, por definição, um explorador dos pobres (Tg 5.1-6).


78. Na linguagem do século I, “preparar para agir” literalmente sugere que os leitores arregacem as vestes longas e flutuantes e se preparem para alguma atividade física (1 Pe 1.13).


79. No mundo grego, o escravo podia ser resgatado por meio de um pagamento em dinheiro, feito por um terceiro ou pelo próprio escravo

80. (1 Pe 1.18).


81. Os “escravos” são servos domésticos, sem importar qual seja seu treinamento ou função (1 Pe 2.18).


82. Os autores do NT adaptavam as formas literárias de sua cultura ao comunicar o evangelho (2 Pe 1.5-7).


83. O termo grego para “iludir” evoca o pescador que tenta atrair e capturar os peixes com uma isca (2 Pe 2.14).


84. No século I d.C., o termo “elementos” indicava entidades como o a terra, o ar, o fogo e a água (2 Pe 3.1O).


85. Os gnósticos negavam que suas ações imorais fossem pecaminosas (1 Jo 1.1O).


86. Os gnósticos insistiam que O ensino apostólico deveria ser complementado com O “conhecimento superior” que eles alegavam possuir (1 Jo 2.27).


87. Os gnósticos ensinavam que O Cristo divino veio sobre o Jesus humano no batismo e depois saiu dele na cruz, para que somente o homem Jesus morresse (1 Jo 4.2).


88. O “papel”, na época de João, era feito de caniços de papiro, fáceis de se obter e de baixo custo (2 Jo v. 12).


89. A “tinta” — termo grego derivado de uma palavra que significa “negro” — era feita da mistura de carbono, água e goma ou óleo (2 Jo v. 12)


90. Hoje, os judeus ortodoxos costumam se dirigir a Deus com O título Ha-Shem (“O Nome”) (3 Jo v. 7).


91. O livro de Judas foi considerado por Orígenes, pai da Igreja do século II, um livro “de apenas alguns versos, mas repletos de poderosas palavras de sabedoria celestial” (Jd v. 1-12).


92. Judas, à semelhança de seus irmãos, não acreditou em Jesus durante seu ministério terreno, mas se tornou seu seguidor após a ressurreição (Jd v. 1).


93. Tiago e Judas, na abertura de suas cartas, apresentam-se como servos de Jesus Cristo, não como seus irmãos na carne (Jd v. 1).


94. Dois netos de Judas foram levados diante do imperador Domiciano, por serem descendentes de Davi, mas ambos foram dispensados após a conclusão de que eram camponeses inofensivos.


95. O absinto, planta de gosto forte e amargo, é usado aqui como metáfora da calamidade e do sofrimento. Apesar de não venenoso, seu amargor realmente sugere a morte (Ap 8.11).


96. Os antigos acreditavam que o Abismo era a morada subterrânea das hordas demoníacas (Ap 9.1).


97. A crença em estátuas que falam é amplamente atestada na literatura antiga. Algumas estátuas eram ocas e assim permitiam que o sacerdote do santuário se escondesse dentro dela e falasse como se fosse um deus (Ap 13.15).


98. Os antigos costumavam diluir cada parte de vinho em duas partes de água, exceto quando tinham a intenção de se embebedar (Ap 14.8).


BAIXAR PDF


Baixar aqui o arquivo PDF com todas as 98 Curiosidades Arqueológicas do Novo Testamento:




CONFIRA TAMBÉM


169 Curiosidades Arqueológicas do Antigo Testamento

169 curiosidades arquologicas AT PDF

1. No antigo Oriente Médio, podiam-se reivindicar direitos sobre um poço que estivesse no território de outro proprietário (Gn 21.25-3O).


2. O dote pago pela família da noiva à família do marido deveria ser mantido em depósito, para servir de provisão à esposa, caso ela enviuvasse ou fosse abandonada pelo marido (Gn 31.14-16).


3. O selo, a corda e O cajado de um homem eram símbolos de sua identidade individual e coletiva—O equivalente antigo para O documento de identificação ou a assinatura (Gn 38.17,18).


4. Tanto os egípcios quanto os babilônios compilaram “livros de sonhos”, que continham exemplos de sonhos e suas interpretações (Gn 4O.8).


16 Perguntas e Charadas Bíblicas em PDF

Charadas Bíblicas em PDF


Confira esse super concurso bíblico com 16 Perguntas e Charadas Bíblicas em PDF, no final você poderá baixar o arquivo para salvar em seu dispositivo e testar os conhecimentos bíblicos com mais pessoas.


LISTA DE PERGUNTAS


01. Andou juntinho com Jesus, serviu Jesus, porém não tinha promessa nem esperança de salvação, quando morreu, nem foi pro céu nem pro inferno?


 Judas

 Nicodemos

 Jumentinho


02. Acima de todos, abaixo de um, pó por consideração, água por formação! Quem sou?


 O mar

 A Nuvem

 O avião


39 Perguntas Bíblicas com Referências PDF

39 perguntas biblicas pdf com referencia

É muito bom estudar a palavra de Deus, por isso reunimos aqui um arquivo digital contendo 39 PERGUNTAS BÍBLICAS COM REFERÊNCIAS em PDF para você testar seus conhecimentos bíblicos.


LISTA DE PERGUNTAS


1 - Para quem Jonas se recusava a pregar? (RESPOSTAS NO FINAL)


a) Os amorreus


b) Os ninivitas


c) Os amalequitas



2 - Quantos livros tem a Bíblia protestante?


a) 66


b) 63


c) 65



75 CURIOSIDADES BÍBLICAS EM PDF

75 CURIOSIDADES BÍBLICAS EM PDF


A Bíblia Sagrada tem informações valiosas e conteúdo transformador para sua vida. Pensando nisso nós reunimos diversos dados interessantes da palavra de Deus e colocamos em um arquivo PDF para você conferir.


Por exemplo, você sabia que a palavra Bíblia vem do grego, através do latim BIBLOS e significa: Livros.


Você sabia que a Bíblia foi escrita por mais de 40 escritores em 3 idiomas antigos diferentes, e que demorou mais de 1500 anos para ser concluída?


Veja agora todas as 75 CURIOSIDADES BÍBLICAS EM PDF!


Estudo Bíblico Desbravadores PDF


estudo biblico desbravadores pdf

A abelha exploradora vive à procura de lugares onde há flores. Sua missão é achar uma boa provisão de néctar, voltar à colmeia para avisar o enxame e guiá-lo de volta ao alimento. 

Para fazer isso, ela precisa viajar quilômetros. Seu guia é a luz. As diversas posições que o Sol assume em relação a Terra ajudam a abelha exploradora a se orientar.

A libélula também utiliza a visão para achar o caminho.

Ela se aproveita das cerca de 28 mil lentes que lhe dão uma capacidade visual de 360 graus. Ela consegue enxergar ao mesmo tempo, atrás, à frente e dos lados. 

Bom de Bíblia Novo Tempo (Inscreva-se AQUI)

inscrições bom de biblia 2020

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo das próximas temporadas do programa Bom de Bíblia da TV Novo Tempo! 

É isso mesmo! ⁣E a novidade dessa vez é que a prova classificatória para participar do programa será online.

Haverá prova com os adultos para as próximas temporadas, e com os adolescentes entre 12 e 16 anos para a próxima edição Teen. ⁣


Revista Nosso Amiguinho em PDF

Baixar revista nosso amiguinho pdf

A Casa Publicadora Brasileira liberou o o PDF da Revista Nosso Amiguinho e Nosso Amiguinho Jr, edição do mês de Abril 2020 para Download.

A revista que ensina brincando há mais de 60 anos publica conteúdo educacional para crianças no Brasil.


BAIXAR REVISTA PDF


Baixe aqui a revista Nosso Amiguinho em PDF:

NOSSO AMIGUINHO


NOSSO AMIGUINHO JR


Devido aos eventos de crise e doença no Brasil em 2020 a CPB também está disponibilizando a Lição da Escola Sabatina e outros materiais em PDF, saiba mais aqui 👉 Lição Escola Sabatina PDF

MAIS MATERIAIS


No site da revista você pode baixar outros materiais interessantes para a turminha, veja:

CALENDÁRIOS

ETIQUETAS ESCOLA

KIT FESTA

RECORTES

O que achou desse conteúdo? participe com seu comentário e compartilhe nas redes sociais.

Manual do Clube de Desbravadores

Manual do Clube de Desbravadores

Os Desbravadores funcionar em 6 faixas etárias.

1 - AMIGO


1. Ter, no mínimo, 10 anos de idade.
2. Ser membro ativo do Clube de Desbravadores.
3. Decorar e explicar o Voto e a Lei do Desbravador.
4. Ler o livro do Clube do livro Juvenil do ano em curso.
5. Ler o livro “Pela Graça de Deus”.
6. Participar Ativamente da Classe Bíblica de seu clube.



Cadernos de Atividades para Desbravadores PDF

Cadernos de Atividades para Desbravadores PDF

Como pedras angulares do Clube de Desbravadores, os ideais são o fundamento de todo o seu programa. São metas de excelência para os juvenis e adolescentes e ajudam essas mentes em formação a encontrarem um sentido
para a vida. 

Viver os ideais a cada dia farão com que a pessoa não seja apenas um bom Desbravador ou um excelente líder, e sim um cidadão do céu. Preciosas verdades e nossa maior esperança, a volta de Jesus, estão contidas nesses sete ideais. Cada membro do Clube deve ter todos eles gravados em sua mente e em seu coração.


Os ideais devem ser recitados em todas as reuniões e atividades especiais. A posição dos Desbravadores no momento de recitá-los é regida pelo Regulamento de Uniformes do Ministério de Desbravadores da Divisão Sul-Americana.

O clube de Desbravadores é para meninos e meninas de 10 a 15 anos.

40 Perguntas diversas da Bíblia 3 Níveis

40 Perguntas diversas 3 Niveis


Olá, tudo bem? venha aprimorar seu estudo com mais esse excelente Concurso Bíblico, dessa vez com um super teste que contém 40 perguntas diversas sobre Toda a Bíbliacom 4 alternativas de resposta e apenas 1 correta.

No final você pode fazer o download do arquivo para apresentar na igreja em slides do Power point.

Acesse também 👉 Gálatas e Efésios  👉 Maratona Bíblica.

Esse é um material excelente para testar seus conhecimentos bíblicos, decifrar enigmas das escrituras, aprofundar-se na palavra de Deus e saber mais da Bíblia Sagrada, ideal para você usar no culto jovem (JA) ou em classes de estudo em sua igreja, logo abaixo está o arquivo para você fazer o download, cujo gabarito com as respostas está no último slide.


2 Apostilas de Nós e Amarras (PDF Ilustrado)

Apostilas de Nós e Amarras

Amarrar o sapato, um aventa; colocar uma gravata; fazer uma tipoia; fechar um saquinho de compras; amarrar a carga, a prancha, o barco em um automóvel; ancorar um barco; arrastar troncos; rebocar um carro; erguer objetos pesados ou não; fechar uma caixa, um pacote ou transportar livros; construir abrigos, móveis e utensílios; fazer uma armadilha; prender uma barraca; armar uma rede de dormir; encastroar anzóis, unir linhas de pesca; prender-se a um andaime ou um galho de árvore para podá-la; encabrestar um cavalo ou prender com segurança seu cachorro; resgatar uma vítima etc. 

São alguns dos inúmeros exemplos do quanto os nós são importantes nas mais diversas áreas e profissões. Inclusive em nosso dia-a-dia, sendo assim essenciais em qualquer situação.

Manual de ordem unida para desbravadores pdf

Manual ordem unida desbravadores pdf

A Ordem Unida se caracteriza por uma disposição individual e consciente altamente motivada, para a obtenção de determinados padrões coletivos de uniformidade e sincronização. 

Deve ser considerada, por todos os participantes – instrutores e instruídos – como um significativo esforço para demonstrar a própria disciplina do Clube de Desbravadores.

Isto é, a situação de ordem e obediência que se estabelece voluntariamente entre os Desbravadores, em vista da necessidade de eficiência na guerra contra o mau na qual lutamos.

43 Perguntas Bíblicas do Apocalipse

Apocalipse 43 Perguntas

957 De onde são as chaves que Jesus tem, mencionadas no livro de Apocalipse?

958 Na visão de Jesus glorificado, relatado no capítulo 1 de Apocalipse, o que significavam as sete estrelas?

959 Na visão de Jesus glorificado, relatado no capítulo 1 de Apocalipse, o que significavam os sete candeeiros?

960 A que igreja Jesus disse: Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida?

961 A que igreja Jesus disse: “Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto”?

962 A que igreja Jesus disse que no seu meio existem aqueles que sustentam a doutrina de Balaão e dos nicolaítas?

963 A que igreja Jesus disse que eles toleravam a Jezabel?

964 A que igreja Jesus disse: “Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a sua coroa”?


10 Perguntas Epístolas de João e Judas

Joao e Judas 10 Perguntas

1, 2 e 3 JOÃO


947 Que autor do Novo Testamento costuma chamar os cristãos como “Filhinhos”?

948 A quem o apóstolo João se referia quando disse: “Eu vos escrevo porque sois fortes e tendes vencido o maligno”?

949 Segundo I João 03:12, por que Caim assassinou Abel?

950 Conforme I João 04:2, como podemos reconhecer o Espírito de Deus?

951 Qual a última recomendação do apóstolo João em sua primeira epístola?

952 Segundo I João, qual e a vitória que vence o mundo?